fbpx

Como escolher um arquiteto: quais passos seguir para acertar na seleção

By 14 de agosto de 2020Arquitetura, Decoração, Dicas

Saber como escolher um arquiteto é fundamental para garantir um resultado satisfatório em reformas, mas também é válido para qualquer projeto na sua residência. Seja para planejar a iluminação, o mobiliário ou ter um melhor aproveitamento de espaço nos ambientes, o trabalho de um profissional faz toda a diferença. 

No entanto, não basta escolher qualquer profissional: também é necessário ter alguns critérios para contratar o arquiteto que seja mais indicado para o que você está planejando. Por isso, se você quiser saber como escolher um arquiteto adequado para trabalhar no seu lar é só ficar com a gente. Abaixo te daremos algumas dicas. Confira!

Como escolher um arquiteto - desenhando um projeto

Foto por Freepik

Três dicas de como escolher um arquiteto para o seu lar: 

1. Defina seus objetivos e o orçamento

O primeiro passo para saber como escolher um arquiteto é definir exatamente o que você precisa e deseja. Isso porque na arquitetura, assim como em várias outras áreas, existem diferentes campos de atuação. Agindo dessa forma, você consegue encontrar arquitetos que atuam em diferentes frentes de obra.

Por exemplo, enquanto um pode trabalhar quase que exclusivamente com paisagismo outro pode ter mais experiência com detalhamento de interiores. Claro que qualquer arquiteto deve ser capaz de desempenhar determinadas funções, mas é sempre bom escolher aquele que tem mais experiência com o que você precisa, não?

Ademais, outro passo importante nesta fase inicial é a definição de um orçamento. Pois, além de saber o que você quer, você também precisa saber o que pode custear. Logo, ter seu orçamento determinado previamente te ajudará a filtrar suas opções, escolhendo um profissional que se encaixe nas suas possibilidades. 

2. Pesquise!

Para ter a segurança de escolher um bom arquiteto é necessário pesquisar bem. Verificar a regularidade do registro do profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo, por exemplo, é uma forma de evitar cair em ciladas, garantindo seguranças na escolha. 

Além disso, também é importante saber se o estilo do arquiteto conversa com o seu. Logo, é importante procurar o portfólio dos arquitetos do seu interesse. Muitos também possuem páginas on-line, e perfis em redes sociais, onde é possível verificar projetos executados por eles.  

Caso você conheça alguém que já tenha recebido atendimento do profissional em questão, melhor ainda. Assim você poderá ter a chance de visitar uma obra realizada por esse profissional, além de ouvir a experiência de um ex-cliente com relação ao trabalho realizado. 

Outra questão importante, que passa despercebida para muita gente, é a escolha dos materiais que serão utilizados no projeto. Mas não seja como essas pessoas! Se puder, conheça os fornecedores com os quais o arquiteto que você deseja escolher trabalha. 

3. Converse com o arquiteto

Mesmo que o arquiteto selecionado tenha sido indicado e tenha passado com êxito por todas as etapas citadas acima, não o contrate antes de uma boa conversa. Afinal, é importante que você tenha afinidade com o profissional, e só depois de conversar com ele é que você poderá verificar isso. 

Por fim, também é importante ter em mente que não se deve contratar alguém sem uma proposta de serviço. Ou seja, sem ter em detalhes as etapas do trabalho, as previsões das datas de entrega de cada uma delas, o número de visitas que serão realizadas durante a execução da obra e os valores de tudo.

Gostou das nossas dicas de como escolher um arquiteto? Deseja ler mais textos como esse? Então continue nos acompanhando por aqui! Você também pode preencher o formulário abaixo para receber nossas novidades em primeira mão.


WeCreativez WhatsApp Support
Estamos aqui para responder suas questões.
👋 Ola! Como posso lhe ajudar?