fbpx

Decoração afetiva: como usar memórias para criar ambientes acolhedores

By 16 de julho de 2020Decoração

Sabemos que o visual dos ambientes é muito importante, quando se fala sobre decoração. No entanto, não só é importante que a decoração de um lar seja esteticamente agradável, também é fundamental que ela converse com a personalidade dos moradores. 

Então, é aí que entra a decoração afetiva. Uma proposta de decoração que compreende que a nossa casa deve ter a nossa cara, conversar com o nosso jeito de ser e contar a nossa história. Ficou interessado? Quer saber do que exatamente se trata a decoração afetiva? Vem com a gente! 

Abaixo contaremos tudo o que você precisa saber sobre esse estilo de decoração, e te daremos ideias de como aplicá-lo na sua casa. Confira! 

decoração afetiva - sala decorada

Foto por Unsplash

Do que se trata a decoração afetiva?

A decoração afetiva fala sobre identificação e memória. Ela trabalha em cima das lembranças e gostos pessoais de cada morador. Dessa maneira, consegue-se criar ambientes singulares, que enchem os olhos de quem almeja ter uma decoração única. 

Por isso, móveis antigos, que fazem parte da história da família, lembranças de viagem ou da infância dos moradores costumam fazer parte desta decoração. A ideia é que os espaços do lar provoquem a emoção das pessoas que os habitam, proporcionando um “conforto afetivo”. 

Não tenha pressa para “terminar” de decorar

Quem planeja ter uma decoração afetiva no seu lar precisa entender que não se pode ter pressa. É preciso compor os ambientes aos poucos, desfrutando do processo. 

Afinal, a decoração afetiva não é sobre comprar diversos móveis e objetos e ir posicionando todos os elementos na ânsia de deixar tudo pronto o mais rápido possível. É muito mais sobre se divertir, deixando o seu lar com o seu jeito. 

Então, ao optar por esse estilo de decoração, curta cada fase, pesquise por objetos que te agradem, faça as mudanças que achar necessárias nas estruturas dos ambientes e aproveite o momento. 

Por fim, lembre-se que um lar nunca está pronto. Dizemos isso no sentido de que a medida que você for mudando provavelmente sentirá a necessidade de mudá-lo junto com você. Então, abrace isso.

Uma decoração afetiva valoriza lembranças

Já pensou em visitar a casa do seus avós, ou do seus pais, e observar os móveis e objetos que eles têm? Pode ser que você encontre elementos decorativos que eles não fazem mais questão de ter, mas que serão úteis para você e trarão mais significado para a decoração da sua casa. 

Além disso, você pode fazer uma investigação nas suas próprias coisas. Identifique por quais objetos você tem mais carinho e busque valorizá-los na sua decoração. Quem sabe eles não te surpreendem?

Por exemplo, se você tem uma coleção, pode optar por reservar um lugar especial no seu lar para colocá-la e dar destaque a ela. Ademais, lembranças que trazem boas recordações devem ser bem-vindas. Então, que tal decorar com um mimo comprado em alguma viagem que você fez ou com um presente que você ganhou de alguém especial?

Gostou de conhecer a decoração afetiva? Tem interesse em ler mais textos desse tipo? Então continue nos acompanhando por aqui! Além disso, você pode preencher o formulário abaixo para receber nossas novidades em primeira mão. 


WeCreativez WhatsApp Support
Estamos aqui para responder suas questões.
👋 Ola! Como posso lhe ajudar?